Campanha da Fraternidade 2013 aposta na juventude.

Postado em 15/02/2013 • Artigos0 comentário

A Campanha da Fraternidade é realizada todos os anos, seu principal objetivo é despertar a solidariedade das pessoas em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira,buscando caminhos e apontando soluções, em . 2013

o tema Fraternidade e Juventude e lema Eis-me aqui,envia-me (Is 6,8).

“Queridos jovens, vivei com confiança a vossa juventude e os anseios profundos que sentis de felicidade, verdade, beleza e amor verdadeiro. Vivei intensamente esta fase da vida, tão rica e cheia de entusiasmo. Sabei que vós mesmos servis de exemplo e estímulo para os adultos, e tanto mais o sereis quanto mais vos esforçardes por superar as injustiças e a corrupção, quanto mais desejardes um futuro melhor e vos comprometerdes a construí-lo. Cientes das vossas potencialidades, nunca vos fecheis em vós próprios, mas trabalhai por um futuro mais luminoso para todos. Nunca vos sintais sozinhos! A Igreja confia em vós, acompanha-vos, encoraja-vos e deseja oferecer-vos o que tem de mais precioso: a possibilidade de levantar os olhos para Deus, de encontrar Jesus Cristo — Ele que é a justiça e a paz.” (trechos do discurso do Papa Bento XVI ao se dirigir aos jovens.no dia mundial da paz)
A Fratelo apóia a campanha da fraternidade por tratar de assuntos que envolvem a sociedade durante este período propício a reflexão que é a quaresma.
Cada campanha serve como um norte para que as pessoas estejam focadas em um objetivo positivo trabalhando , refletindo, gerando movimento e provocando mudanças enfim, cumprindo o papel que a época exige sem que se percam nas
“tentações” dos maus espíritos que vagueiam nestes quarenta dias.
A juventude com seu vigor, representa um dos pilares da umbanda.
O jovem tem a capacidade de gerar movimento, de criar o futuro e de absorver conhecimento.
Por outro lado, este mesmo vigor, esta inquietação e uma certa “sede” pode levar facilmente o jovem para caminhos
tortuosos fazendo que ele caia no poço sem fundos da ignorância, incompreensão e falta de fé. Não necessariamente de religião mas falta de fé na vida. E tudo isto acaba nas notícias que assistimos ou lemos todos os dias nos jornais.
A religião é fundamental na vida dos jovens pois dá o apoio necessárionaqueles momentos inconstantes e nas “dores de crescimento” características da juventude.
Uma religião que permite ao jovem trabalhar, criar, produzir e que o ajuda a encontrar respostas é como água no deserto.
Assim esta “sede” é recíproca pois toda religião precisa dos jovens para crescer e se manter em movimento e todo jovem necessita da religião para ter o equilíbrio energético, a perseverança e a segurança para crescer e atravessar esta desafiadora etapa da vida que é a juventude.

 

Iyakêkerê Inae

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas